A bagagem eram meus bolsos
Voltei com mais do que carreguei
No metrô apertado de rostos
O que será que deixei?

Na linha que transporta cansaço
Fiz diferença com sorriso na cara
Contigo o tempo é tão pouco
Sem ti o mesmo não passa

A pior parte é a volta pra casa: distância
Próxima estação: saudade
Dos fones ecoa a boca que canta
E a cada ponto mais pesa a bagagem…

(Fonte: juanlogy, via oxigenio-dapalavra)

você ficou de ligar, lembra?

quase meia noite
o celular não tocou
a chuva não caiu
os cabelos estão secos
o corpo está exausto
há muito silêncio no ar
amanhã estarei morto

o ministério da saúde adverte
amar sem ser amado causa depressão.

(Fonte: oxigenio-dapalavra, via oxigenio-dapalavra)